Como passar em uma entrevista de emprego – com apenas 6 truques!

Apesar do tema “crise” ter saído do nosso vocabulário (um pouco), ainda há muitos brasileiros procurando por uma entrevista de emprego. Não à toa, em 2018 o Brasil ainda tinha 12 milhões de desempregados.

Isso acontece não apenas porque falta trabalho, mas também porque, por diversos motivos, passar por uma entrevista de emprego é um medo real da maioria das pessoas.

Ficamos nervosos, respondemos coisas sem pensar, às vezes mentimos para não parecermos tão ruins… Os erros são muitos.

Por isso, no artigo de hoje, passarei 6 truques totalmente práticos para que você entenda como passar em uma entrevista de emprego – ou, pelo menos, aumente e muito as suas chances de passar!

O primeiro truque é:

1 – Se preocupar em ser a solução para a empresa

Quando uma empresa faz um processo seletivo e abre a oportunidade para uma entrevista de emprego, a razão é óbvia: ela tem um problema e precisa de um funcionário para solucioná-lo.

O problema é que, durante a entrevista, praticamente todo mundo comete o erro óbvio de nunca demonstrar que é a solução que a empresa está procurando.

Nós acabamos reservando tanto tempo para perguntar sobre os benefícios e outras trivialidades que esquecemos de, justamente, abraçar a dor da empresa. Com isso, perdemos uma oportunidade única de mostrarmos como um profissional que a empresa está procurando.

Se a vaga para qual você está fazendo a entrevista de emprego é para vendas, por exemplo, procure espaços dentro da entrevista para dizer coisas como:

“Eu sei como realizar uma venda e estou plenamente capacitado para fazer a empresa vender, que é o que você está procurando.”

“Posso até não ter um currículo apurado, mas eu te garanto: eu sei vender. Sei olhar olho no olho e cativar o cliente. Sei e tenho estudado cada vez mais, e se a empresa realmente quer melhorar suas vendas, eu sou capaz de ajudar a empresa nisso”.

Acredite: talvez até pareça simples, mas essa abordagem de ser a solução funciona muito.

2 – Ter energia na entrevista de emprego

Ter energia muitas vezes é encarado com certo “menosprezo”, mas faz total diferença na entrevista de emprego.

E ter energia não significa que você não deve parar de falar nem por um segundo, muito menos parecer desespero. A ideia é muito mais simples que isso:

Na hora que tiver que falar, encha o peito, fale com uma posta ereta, gesticule bastante. Olhe no olho, demonstre proatividade, foco. Sorria.

Vai parecer até um pouco bobo, mas vai contar pontos pra você. Geralmente quem está recrutando vê isso como um bom sinal de que você está animado para a vaga e que você vai continuar assim uma vez que for contratado.

3 – Priorizar o valor ao esforço

Existe um erro MUITO comum que sempre acontece quando vem aquela famosa pergunta: “por que você acha que eu devo te contratar?”

Esse erro é priorizar o esforço ao valor.

Uma das formas que isso aparece é quando você solta na entrevista de emprego que o contratante deveria te dar o emprego porque você precisa da vaga.

“Eu preciso muito da vaga, estou a um tempo sem trabalho, e por isso mesmo eu irei me esforçar muito, trabalhar bastante pela empresa…”

Lembrar que você se esforça é interessante, o problema é: se esforçar não é o mais importante.

Uma pessoa que cava um buraco enorme no chão pode até ter se esforçado bastante pra cavar esse buraco… mas qual é a utilidade dele? Qual o valor dele?

É aqui que você deve mostrar seu diferencial.

Você não deve falar somente que você é esforçado, deve falar que você é um funcionário que vai agregar valor para a empresa. Que você é o funcionário que se esforça, mas pra bater as metas e fazer a empresa crescer.

Definindo o valor que o seu esforço vai trazer pra empresa você ganha o jogo.

4 – Jornada do Herói

Existe um conceito – muito utilizado em filmes e livros – que é uma forma muito efetiva de se encantar pessoas. Ela se chama “jornada do herói”.

A Jornada do Herói é, essencialmente, uma forma de contar história. Se você parar pra pensar nas histórias de todos os super-heróis, por exemplo, você verá que as histórias são bem similares.

Todos os super-heróis tem um evento “traumatizante” em suas vidas, todos os super-heróis tem um mentor, todos os super-heróis, em algum momento, precisam se provar… Isso é um padrão. E um padrão que você pode se aproveitar.

A Jornada do Herói encanta as pessoas, e você, ao usar a jornada do herói para contar a sua própria história, aumentará as chances de encantar o entrevistador.

Quando estamos na entrevista de emprego sempre temos a impressão que a pessoa que está do outro lado “não é humana”, ou que ela é muito superior a você. Mas não é assim. Ela também é uma pessoa humana, e se ela se encantar com a sua história isso pode definir se você vai ser aprovado ou não.

Acredite: a Jornada do Herói pode mudar tudo na sua vida, e não só no processo seletivo. Saber contar a sua própria história é uma característica poderosa.

5 – Estudar o Dress Code da empresa

Eu tinha uma amiga que, uma vez, ela foi fazer uma entrevista de emprego para uma empresa de doces.

Antes dela ir fazer a entrevista, ela deu uma olhadinha no Google e procurou ver como os funcionários daquela empresa se vestiam. Viu que, assim como a marca da empresa, seus uniformes eram, na maioria das vezes, na cor roxa.

Não deu outra. Ela vestiu um “look” roxo e foi para a entrevista. Foi aprovada e admitida no emprego por causa disso.

Ás vezes não damos tanta importância, mas para várias empresas isso é essencial. Precisamos nos vestir e nos portar assim como a cultura da empresa demanda.

Se você começar a fazer isso, perceberá que a visão que o entrevistador terá de você será diferenciada dos demais.

6 – Na dinâmica, assuma erros

Essa dica não é especificamente para uma entrevista de emprego, mas ela pode te ajudar e muito em qualquer dinâmica que você participar.

Isso porque, quando falamos em dinâmicas, caímos no erro comum de achar que nós temos que ser os “líderes”, ou seja, a pessoa que coordena tudo, que tá sempre certa e que está à frente dos outros.

Apesar da característica de líder ser importante, existe um fato aqui que pode contar muito mais para você ser aprovado, e ela consiste um gesto muito simples:

Quando você tiver a oportunidade, assuma que uma pessoa está certa e que você está errado – ou complemente ela de alguma forma, mas enaltecendo o acerto dela.

Ao fazer isso, o entrevistador vai pegar o caderninho dele e contar muitos pontos para você, com certeza.

Pessoas que assumem erros, ou que tem o senso de equipe até nos momentos em que elas são “egoístas” tem um diferencial competitivo muito grande, e essa característica todas as boas empresas gostam. Praticamente não tem erro.

 

Esses são 6 truques muito simples, mas que vão aumentar e muito suas chances de passar em qualquer entrevista de emprego.

Espero que você consiga aplicar todos na sua próxima entrevista, e tenha uma boa sorte! Se conseguir passar, não esqueça de recomendar esse artigo para mais pessoas, e, claro, vir aqui nos comentários como foi a experiência!

Por fim, não esqueça de seguir o primo no youtube e no instagram.

Até a próxima!