O que é e como funciona o Seguro de Vida Resgatável?

Você já ouviu falar sobre o seguro de vida resgatável? Sabe como funciona? Boa parte dos brasileiros não conhece ou pouco sabe sobre essa modalidade de seguro. Nesses casos,...
o que e como funciona seguro de vida resgatavel

Você já ouviu falar sobre o seguro de vida resgatável? Sabe como funciona? Boa parte dos brasileiros não conhece ou pouco sabe sobre essa modalidade de seguro. Nesses casos, o resgate financeiro parcial ou total pode acontecer independentemente do falecimento do segurado.

Essa possibilidade tem atraído clientes por permitir que o dinheiro investido no seguro seja resgatado em um momento de necessidade. Tudo isso sem necessariamente depender de uma calamidade como a morte de um membro da família. Essa é, portanto, uma forma de proteger a economia familiar e investir seu dinheiro com sabedoria.

Para aprender mais o que é, como funciona e as principais vantagens do seguro de vida resgatável, continue a leitura deste post!

 

Por que o seguro de vida é importante?

Na hora de controlar as finanças familiares, decidir sobre quais melhores formas de poupar e investir, sempre vem à dúvida se é ou não é pertinente contratar um seguro de vida. Essa preocupação é ainda mais forte para aqueles que estão construindo agora seu patrimônio. Ou ainda para aqueles têm filhos pequenos e não querem deixá-los desamparados. Caso aconteça alguma surpresa desagradável, como a morte de um dos pais.

Mesmo sabendo da importância do seguro de vida, a dúvida geralmente aparece. Principalmente, porque as empresas de seguros oferecem condições contratuais que nem sempre favorecem o segurado. Parcelas que aumentam com o tempo e a impossibilidade de retorno financeiro em caso de cancelamento da apólice é o que desanima a maioria das pessoas.

Porém, com o crescimento do mercado de seguros de vida surge essa nova modalidade que é o seguro de vida resgatável. Nele o cliente tem maior liberdade, controle e rentabilidade sobre o seu dinheiro. Vamos explicar!

 

O que é seguro de vida resgatável?

O seguro de vida tradicional você já conhece. O valor investido é recebido em caso de invalidez permanente do segurado ou em caso de morte natural ou acidental. Nesses casos, o dinheiro é destinado às pessoas que foram indicadas na apólice. Se você não quiser ou não precisar mais dele, não terá direito de resgatar o montante investido.

Com o seguro de vida resgatável, algumas coisas se modificam. Você continua segurado em caso de morte acidental ou natural e de invalidez permanente. Porém, o dinheiro investido pode ser resgatado em outros momentos e não só após o falecimento.

De acordo com o contrato firmado com a empresa seguradora, o cliente tem direito de resgatar parte do dinheiro investido a partir de um determinado período de contribuição. O tempo, chamado de período de carência, é estabelecido de acordo com cada empresa.

 

Como funciona o seguro de vida resgatável?

Boa parte das empresas trabalha com um período de carência de 24 meses. Isso significa que, após 2 anos de investimento, você já poderá ter acesso à parte do seu dinheiro.

Na medida em que o tempo de contribuição aumenta, maior é o percentual disponível para resgate. Ou seja, quanto mais tempo investir, maior o valor relativo que você terá acesso em caso de imprevistos financeiros.

Além disso, o valor é resgatado com garantia de rentabilidade. Isso quer dizer que o dinheiro investido no seguro gera mais dinheiro para você, fazendo que ele seja conhecido como 2 em 1: seguro de vida e previdência privada.

Mas qual é a mágica? Na realidade, não há mágica. O seguro resgatável funciona assim, porque parte da parcela que você paga vai para um fundo de resgate. Os valores desse fundo são corrigidos com uma taxa de 3% anual + IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). É por isso que o dinheiro rende e o seguro é considerado uma ótima forma de investimento.

E as vantagens não param por aí, o fundo de resgate também pode gerar excedente financeiro, que significa mais dinheiro caindo na sua conta. Geralmente, o dinheiro que está nele vai para o sistema de previdência e investimentos da empresa contratada. Portanto, caso seu fundo de resgate tenha uma rentabilidade maior que os 3% + IPCA, o valor é pago para você. Com rentabilidade sobre rentabilidade, seu fundo só tende a engordar com o tempo!

 

Quais são as vantagens do seguro de vida resgatável?

Agora, vamos esclarecer direitinho as vantagens do seguro resgatável:

  • O seguro de vida resgatável é um investimento com rentabilidade, assim como vários outros tipos de investimento financeiro. Seu fundo de resgate aumenta a partir de juros anuais, correções de acordo com a inflação e com excedentes financeiros.
  • Você pode resgatar parte do valor investido quando quiser após o tempo de carência, independentemente de morte ou invalidez. A porcentagem de valor disponível para resgate varia, conforme o contrato e o tempo de contribuição.
  • Com a rentabilidade e o aumento da porcentagem de resgate sobre o fundo, o valor de resgate pode chegar a 100% em 10 anos.
  • As parcelas mensais não são ajustadas e corrigidas com o tempo e a idade do cliente. Nos seguros tradicionais, essa prática faz com que as parcelas subam tanto que em determinado momento o segurado não tem mais condições de continuar pagamento pelo serviço. Geralmente, a pessoa já está mais velha, precisando do dinheiro e já contribuiu durante anos. No entanto, ela se vê obrigada a desistir do seguro, perdendo todo o dinheiro investido.
  • Com o seguro de vida resgatável o valor das mensalidades é ajustado de acordo com a inflação. Assim, os riscos de ser pego de surpresa ou passar aperto para pagar o seguro é bem menor.

 

Como investir no Seguro de Vida Resgatável e garantir seus lucros?

Viu só como essa modalidade de seguro é ideal para garantir o futuro da família, sem correr riscos de perder seu dinheiro? Com o seguro de vida resgatável você previne sua família de surpresas desagradáveis. Além disso, faz seu dinheiro render e ainda conta com a possibilidade de usar um dinheiro extra em algum momento de necessidade ou sufoco financeiro.

Como seguro de vida resgatável você não precisa mais ficar na dúvida entre contratar ou não esse serviço. Basta encontrar uma empresa e uma opção que combine com seu perfil e com as suas necessidades e parar de se preocupar com o futuro.

Gostou de saber mais sobre o seguro de vida resgatável? Compartilhe as suas dúvidas e experiências nos comentários!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Seguros

Relacionados