O que são Commodities e qual é a importância?

Você já deve ter ouvido essa palavra um milhão de vezes. Também já deve ter percebido a sua importância ao ler algo do tipo: “Bovespa fecha em alta puxado...
o que sao commodities e qual e a importancia

Você já deve ter ouvido essa palavra um milhão de vezes. Também já deve ter percebido a sua importância ao ler algo do tipo: “Bovespa fecha em alta puxado pelas commodities” .

Sim, elas interferem fortemente em toda a economia do Brasil e do mundo. Sendo assim, selecionamos algumas informações sobre o assunto neste post para que você entenda a influência das commodities no setor econômico do nosso país. Confira!

 

Qual é a definição de commodity?

O mercado financeiro adotou esse termo do inglês, que significa “mercadoria”. Essa nomenclatura define os produtos que são matérias-primas da indústria, isto é, têm origem no setor primário.

São recursos naturais, extraídos ou cultivados, e que são produzidos em grande escala. Geralmente são estocados para evitar a deterioração ou a perda da qualidade original.

Outra característica importante é que são produtos de pequena industrialização, ou mesmo em estado bruto. Alguns exemplos de commodities são:

 

Commodities agrícolas

São produtos cultivados pelo agronegócio. Algumas das principais commodities agrícolas brasileiras são:

  • açúcar;
  • algodão;
  • boi gordo;
  • café;
  • milho;
  • soja;
  • suco de laranja;
  • trigo.

Esses produtos são negociados por toneladas, quilos ou sacas. O clima exerce forte influência na sua produção e negociação junto ao mercado.

Imagine um período de seca, por exemplo. Nessas condições, a expectativa é de que a produção diminua e, por consequência, que os preços subam.

 

Commodities minerais

São produtos utilizados como matéria prima para setores como o de energia, metais e outros minerais:

  • etanol;
  • gás natural;
  • ouro;
  • petróleo.

Empresas de extração e mineração, como a Petrobras e a Vale, são grandes produtoras de commodities minerais no Brasil.

 

Commodities ambientais

São produtos extraídos da natureza e que são essenciais para todo o tipo de atividade e até para a nossa sobrevivência. Nesse grupo estão:

  • água;
  • madeira;
  • geração de energia (solar, eólica, hidrelétrica etc.).

 

Essas commodities são produzidas de acordo com normas de sustentabilidade, que têm o objetivo de compensar perdas e minimizar os impactos ambientais.

A Bolsa Brasileira de Commodities Ambientais é uma instituição que normatiza e incentiva a extração desses recursos de forma sustentável.

 

Commodities financeiras

Dinheiro não dá em árvore nem é encontrado debaixo da terra, como petróleo, mas existe essa categoria de commodity para a negociação de moedas, como dólar, real, euro e muitas outras, que é feita em diversos mercados.

 

Qual é a influência das commodities na economia nacional?

Esses produtos são estratégicos para qualquer país do mundo. Eles abastecem a indústria com matéria-prima e, por isso, têm uma grande e constante procura.

O Brasil é um grande produtor dessas mercadorias, que são negociadas no mundo inteiro. Aliás, as maiores empresas do Brasil produzem commodities. O minério de ferro extraído no país, por exemplo, é fundamental para as indústrias internacionais, que o transformam em produtos para o consumo.

 

Qual é a relação entre o mercado mundial e a economia nacional?

A dependência das nossas commodities é uma vantagem que temos frente aos outros países, mas tudo tem um “outro lado”:

Se algum produto lá fora — como a soja — fica escasso, o preço no mercado internacional sobe. Em consequência, os produtores passam a exportar mais para aproveitar o alto valor. Resultado: a soja some do mercado nacional e os preços do produto e seus derivados também disparam aqui.

As recessões econômicas de outros países também acertam em cheio o mercado brasileiro. Uma diminuição drástica na procura por algum produto pode fazer os preços despencarem, prejudicando a todos na cadeia produtiva.

Por isso, sempre que a cotação das commodities tem alguma oscilação no mercado mundial, a economia do país sente o impacto.

 

Como é a relação entre as commodities e o mercado financeiro?

Mesmo quem está no mercado financeiro investindo em outras modalidades não pode perdê-las de vista. Como já vimos, as principais empresas do Brasil são produtoras de commodities. Isso significa que movimentam os maiores volumes de dinheiro no mercado financeiro brasileiro.

Variações na sua cotação vão ter impacto nas ações dessas grandes empresas na bolsa. Por consequência, vão ter grande influência (positiva ou negativa) no Índice Bovespa, isto é, no mercado inteiro.

 

Como são negociadas as commodities?

Todas essas mercadorias são negociadas na BM&F Bovespa (Bolsa de Valores Mercadorias e Futuros). Futuros? Como assim?

Como já vimos, o impacto das commodities na economia é grande e os riscos de perdas também são. O mercado de futuros é uma forma de reduzir riscos para produtores e compradores.

Nos contratos futuros de compra e venda, o preço é predefinido com base nas expectativas futuras. Também em uma data futura, definida no contrato, o pagamento da mercadoria é feito no valor combinado, independentemente das oscilações.

 

Quem lucra e quem perde no final do contrato futuro?

Se no dia da liquidação do contrato o preço estiver acima do valor acordado, perde o vendedor (geralmente o produtor). Ele será obrigado a vender o produto no preço do valor de contrato. Por consequência, o comprador sai ganhando, porque pagará a um valor abaixo do preço do dia.

Caso o preço esteja abaixo do valor do contrato, ocorre o contrário. O produtor recebe um valor acima do mercado, garantido pelo contrato. E o comprador terá que cumprir o contrato pagando mais do que o produto está valendo no dia.

 

Como as commodities rendem ganhos para investidores?

Durante a vigência desses contratos de futuros, eles vão sendo negociados no mercado diariamente. Investidores de fora podem adquirir um lote mínimo do contrato, buscando comprar em um dia de baixo valor para vender em um dia de alta.

Essas transações são consideradas de alto risco. Além do mais, nem todas as commodities valem a pena. Nesses casos, recomenda-se uma boa assessoria de investimentos. Além de operar as vendas nos momentos certos, é preciso buscar o produto adequado para os melhores resultados.

 

Quais são as commodities mais atrativas para os investidores?

O objetivo principal dos Mercados de Futuros é proteger produtores e compradores das oscilações de preços, e não de gerar lucro. Porém, esse mercado está repleto de especuladores buscando algum ganho na compra e na venda de contratos.

Para conseguir bons resultados é preciso conhecer as particularidades de cada produto. É importante, principalmente, investir em um produto que você terá facilidade de vender quando precisar. Alguns produtos nessa categoria são o boi gordo, o ouro e o café.

Da natureza até os pregões, as commodities alimentam a economia dos países e giram a roda do desenvolvimento. Nesse longo caminho, muita gente ganha e perde, mas as oportunidades sempre estarão lá. As commodities são riqueza que podem gerar ainda mais riqueza. Só depende do investidor.

 

E aí? Gostou da saga das commodities? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Renda Variável - Ações

Relacionados