Investir no Tesouro Direto pelos bancos é DESPERDÍCIO!

Se você pensou em investir no Tesouro Direto pelos bancos grandes e convencionais do Brasil, pense duas vezes. Você pode perder valores importantíssimos para você, por um deslize que...
investir no tesouro direto pelos bancos

Se você pensou em investir no Tesouro Direto pelos bancos grandes e convencionais do Brasil, pense duas vezes. Você pode perder valores importantíssimos para você, por um deslize que muitos outros investidores também cometem.

Segundo a Corretora XP Investimentos, dos R$ 35 Bilhões em estoque no Tesouro Direto, R$ 19 Bilhões são custodiados pelos grandes bancos do Brasil. Ou seja, mais de 50% dos títulos públicos estão nas mãos dos nossos bancos.

Se levarmos em consideração que na maioria dos grandes bancos cobra-se 0,5% de taxa sobre todo o patrimônio investido no tesouro direto, poderíamos dizer que os investidores chegam a desperdiçar até R$ 95.000.000,00 ao ano! (Sim, 95 milhões de reais ao ano!!!! E esse é um valor que eles não precisariam pagar! Quando eu digo eles, eu quero dizer VOCÊ!).

 

Entendendo conceitos

Antes de entrarmos a fundo no tema, vamos só ver algumas informações importantes, e depois voltamos a como você pode economizar esse dinheiro todo. O Tesouro Direto é uma plataforma utilizada pelo Tesouro Nacional realizar as negociações de Títulos Públicos. Ou seja:

  • Tesouro Nacional:é a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que pertence ao Ministério da Fazenda. É responsável pela dívida pública do Brasil e serve como “caixa” do Governo.
  • Tesouro Direto:é a plataforma online utilizada pela STN para realizar a negociação da dívida nacional, por meio de Títulos Públicos.
  • Título Público:é uma forma de “comprovante” que uma pessoa ou empresa recebe ao comprar parte da dívida do Governo. Antigamente, era um papel parecido com um diploma, que comprovava que o Governo havia uma pendência com você. Hoje em dia, é apenas de forma eletrônica.

Para “guardar” os Títulos Públicos, precisamos ter OBRIGATORIAMENTE uma conta aberta em uma Corretora de Investimentos, autorizada pela CVM. Portanto, quando forem mencionados os “grandes bancos”, será referente às corretoras pertencentes aos referidos bancos.

Por exemplo: Banco Bradesco possui a Bradesco Corretora, o Banco Itaú possui a Itaú Corretora, e por ai vai.

 

O que diferencia as Corretoras?

Independente de qual Corretora você optar para investir no Tesouro Direto, o valor dos títulos será sempre o mesmo. Portanto, ao investir R$ 10 mil em um determinado título pela Corretora A, será exatamente igual ao investir o mesmo valor, nos mesmo título da Corretora B.

“Mas Primo Rico, o que diferencia uma corretora de outra afinal?” Esse é o ponto principal: as Taxas de Administração.

 

botao economizar investindo pela corretora

 

Custos para Investir no Tesouro Direto

Obrigatoriamente, ao investir no Tesouro Direto já há uma cobrança anual chamada de Taxa de Custódia. Essa taxa é cobrada pela BM&FBOVESPA para a guarda dos títulos, manutenção do sistema do Tesouro Direto e pela disponibilização dos extratos mensais dos investimentos aos seus investidores. O valor cobrado é de 0,3% ao ano.

A responsabilidade das instituições financeiras e corretoras é de abrir o cadastro do investidor, analisar alguma irregularidade que o impeça de realizar investimentos, transferir os valores e títulos e, por fim, recolher o Imposto de Renda.

Obs.: sim, o Tesouro Direto também cobra Imposto de Renda sobre o rendimento, seguindo a tabela regressiva abaixo:

 

aliquota-de-ir

 

Outro possível custo é o IOF. “A alíquota do IOF incidente sobre os rendimentos do investimento variam de 96% para o prazo de um dia até 3% para 29 dias” segundo a BM&FBOVESPA.

 

Mas e se a minha Corretora “quebrar”?

O problema é que várias instituições financeiras e corretoras cobram as Taxas de Administração, mencionadas anteriormente. Isso é prejudicial, pois aumenta desnecessariamente os custos de investir no Tesouro Direto.

Muitos investidores optam por investir por meio dos grandes bancos porque acreditam que é “mais seguro”. O que eles não sabem é que a segurança dos Títulos Públicos não depende dos bancos investidos, mas do Governo Federal, que emite os títulos.

Na prática, se sua Corretora de Valores declarar falência, seus títulos do Tesouro Direto continuarão INTACTOS. Lembrando que a guarda dos títulos é feita pela BM&FBOVESPA, não pelo banco ou corretora.

O único risco que você teria de não receber seu dinheiro é se O PAÍS declarasse falência. Isso implicaria na MAIOR CRISE ECONÔMICA que o Brasil poderia passar em toda sua história. Por isso que os Títulos Públicos são considerados os MAIS SEGUROS DO MERCADO FINANCEIRO.

Portanto, independente da Corretora que você optar, a segurança será a mesma SEMPRE! O que diferencia é o relacionamento do investidor para a corretora (e isso é um ponto muito importante de se analisar antes de escolher uma corretora, viu?).

 

As Taxas Cobradas pelos principais bancos

Atualmente, os 5 principais bancos no Brasil cobram as Taxas de Administração, além da Taxa de Custódia de 0,3% a.a.:

 

bancos e tarifas para investir no tesouro direto

 

“Mas Primo Rico, quer dizer que posso investir no Tesouro Direto sem pagar essas Taxas de Administração?” SIM, PODE E DEVE! Pagar essas taxas não atribui nenhum benefício a mais, apenas prejuízo. Investir em uma instituição que cobra esse tipo de taxa é RASGAR DINHEIRO.

Justamente identificando essa desvantagem, as principais corretoras independentes no mercado financeiro nacional isentaram esse tipo de cobrança:

  • Modal;
  • Clear;
  • Easynvest;
  • Geração Futuro;
  • Spinelli;
  • XP Investimentos;

 

Veja também: TABELA COMPLETA NO SITE DO TESOURO DIRETO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS HABILITADAS E AS TAXAS COBRADAS DE CADA UMA.

 

Outro benefício das corretoras independentes é a possibilidade de disponibilizar os melhores investimentos do mercado em um só local.

Pensa no seguinte: você possui uma conta no Banco X, mas viu em uma propaganda que o Banco Y está oferecendo um investimento com taxas e condições melhores que o seu Banco X. Ao conversar com o gerente da conta, viu que não teria a possibilidade de ter um investimento tão atrativo quanto o Banco Y no seu atual Banco X.

Moral da história: o um Banco nunca vai oferecer um produto de outro Banco para seu cliente. Isso porque o foco dos Bancos não é o melhor para seu cliente, e sim o melhor para ele mesmo.

Já as corretoras independentes, por sua vez, oferecem os investimentos do Banco X, também do Banco Y e diversos outros bancos, com uma variedade imensa de investimentos disponíveis.

 

“Mas essas taxas são bem pequenas, não é?”

Não se deixe enganar pelos números. Um custo como este no longo prazo resulta em um valor muito alto, no fim das contas. Isso porque é muito fácil nos distrairmos e desconsiderarmos os Juros Compostos.

Juros Compostos são aqueles que se acumulam com os juros de rentabilidades passadas. Por exemplo: investi R$ 100 com um rendimento de 10% ao mês, o que me totalizou R$ 110 no fim do mês. No segundo mês, o rendimento não será igual, pois o montante não é o mesmo. Então se no segundo mês me render novamente 10%, terei um valor final de R$ 121, por causa dos juros sobre os juros anteriores.

Agora o exemplo vai ser com um Título Público chamado Tesouro SELIC, em uma aplicação de R$ 100 Mil e vamos usar uma rentabilidade padrão de 10% a.a. para um período de 20 anos (desconsiderando taxa de inflação).

Considerando os juros compostos, no fim do prazo de 20 anos teríamos o valor de R$ 672.750 Mil no total. Agora considerando que haveria uma taxa de 0,5% ao ano, teríamos o resultado final de R$ 608.881 Mil.

Estamos falando de R$ 63.869 Mil de diferença que poderiam ser economizados. Agora podemos perceber que essa taxa faz sim toda diferença no nosso bolso, não é mesmo?

Caso você queira fazer cálculos e simulações com o Tesouro Direto, o Primo Rico disponibilizou de graça uma Planilha de Cálculo de Tesouro Direto que você pode utilizar. Assim você consegue analisar as informações que precisa, além de tirar dúvidas e se planejar para investir no Tesouro Direto. Com certeza você não vai se arrepender.

 

botao economizar investindo pela corretora

 

Se você gostou desse artigo e quiser acompanhar o blog, você pode cadastrar seu email aqui no Primo Rico para receber nossos artigos e conteúdos exclusivos assim que “saírem do forno”, quentinhos e especialmente feitos para você. Se ficar alguma outra dúvida ou sugestão, não deixa de comentar aqui embaixo também, tá bom? Grande abraço e bons investimentos.

Se você quiser calcular você mesmo o montante que poderia economizar investindo através de uma corretora, não deixe de clicar na imagem abaixo para fazer esses cálculos!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Tesouro Direto

Relacionados