Entenda como investir na NTN-B do Tesouro Direto

Você sabe o quanto investir é importante para garantir um futuro confortável, não é mesmo? Então já deve ter pesquisado sobre o Tesouro Nacional e lido notícias sobre ele....
entenda-como-investir-na-ntnb-do-tesouro-direto.jpeg

Você sabe o quanto investir é importante para garantir um futuro confortável, não é mesmo? Então já deve ter pesquisado sobre o Tesouro Nacional e lido notícias sobre ele. Você conhece a NTN-B, a Nota do Tesouro Nacional série B?

Essa modalidade de investimento a longo prazo no já conhecido Tesouro é ótimo para você que sabe da importância dessas aplicações de renda fixa — até mesmo para uma aposentadoria tranquila.

Veja, no artigo de hoje, o que você precisa saber sobre a nota antes de investir nela e porque essa é uma boa opção. Confira!

 

O que é a NTN-B?

A Nota do Tesouro Nacional série B é mais um dos títulos públicos que o governo federal coloca à disposição para que pessoas, bancos e fundos de investimento possam comprá-los. A vantagem disso para ambos os lados é o financiamento das altas despesas da União por meio desse dinheiro, e o rendimento dele para resgate posterior dos compradores.

 

Quais são os juros que corrigem a Nota do Tesouro Nacional?

O título tem a taxa de juros acordada no momento em que o comprador efetua a aplicação, conforme a disponibilidade de juros do Tesouro para suas operações. Então, além deles, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do semestre — periodicidade da correção — compõe o rendimento total.

Ou seja, sempre há segurança de que o dinheiro renda acima da inflação e de que o investidor obtenha retorno real. E quando há a correção, esse valor pode também ser investido para que renda junto ao capital inicial.

 

Quando é possível resgatar o valor?

Como alguns investimentos, a qualquer momento é possível vender a nota novamente ao governo e resgatar o capital mais o ganho em rentabilidade até o dia do resgate. Mas também há vencimentos, escolhidos por quem compra, para que o saque seja feito no longo prazo, com todo o rendimento do período — o que aconselhamos a fazer.

Atualmente, os vencimentos oferecidos pelo Tesouro Nacional vão de 2017 a 2050. A escolha fica a cargo do investidor e seus objetivos. Quando o vencimento ocorre, quem deseja seguir aplicando pode comprar outra nota e recomeçar.

 

Quais são os riscos do título?

As notas vendidas pelo governo federal são muito seguras. O risco de calote é baixo — o Tesouro Nacional historicamente paga seus credores compradores de notas. Já os riscos relacionados a juros existem, pois a volatilidade de mercado pode fazer com que o capital seja desvalorizado no caso de os juros acordados serem menores do que as expectativas para a taxa do Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic).

Isso gera um rendimento menor do que o contratado. Porém, esse risco se aplica apenas a quem for liquidar a operação antecipadamente. Quando se revende a nota ao governo apenas no vencimento, todo capital é resgatado com o rendimento integral.

 

Quais são os impostos pagos?

Bem, o capital já é seu e você já pagou imposto após ganhá-lo. Então, sobre ele nada é tributado. Porém, o Leão ataca os rendimentos pelo Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). Mas aí entra outra das várias vantagens do investimento em longo prazo: as alíquotas de IRPF são decrescentes na proporção do tempo de investimento.

  • Resgate dentro de 180 dias — 22,5% de IRPF;
  • Resgate dentro de 181 a 360 dias — 20% de IRPF;
  • Resgate dentro de 361 a 720 dias — 17,5% de IRPF;
  • Resgate depois de 720 dias — 15% de IRPF.

Além do imposto de renda, há o imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Mas não se preocupe: ele só incide no ganho de rendimentos em até 30 dias.

 

O que é o NTN-B Principal?

Esse é outro modelo de título vendido pelo Tesouro, com funcionamento muito parecido ao NTN-B. Porém, neste, os rendimentos e a correção da inflação são aplicados apenas no vencimento da nota de uma única vez, e não semestralmente.

 

Quais são as vantagens de investir?

Além das vantagens apresentadas pelas características da nota, existe a exigência de pouco capital para investimento — tornando o título uma possibilidade bem democrática.

Porém, o melhor fica por conta da relação risco-retorno. Pois enquanto o perigo da volatilidade do mercado é existente — não chegando a apresentar o risco do mercado de ações, por exemplo —, o rendimento real é garantido e a possibilidade de calote é improvável.

 

E quais são as desvantagens?

Atualmente, a inflação está em alta. Mas quando ela cai, o capital desvaloriza. Além disso, ele pode ser afetado pela volatilidade do mercado. E o rendimento pode cair em uma possível queda do IPCA.

As desvantagens dependem muito do mercado e da situação econômica do país. Por isso, os títulos são perigosos para quem investe no curto prazo. Então, você que visa o futuro — e até mesmo sua aposentadoria — não corre riscos. Fique tranquilo.

 

Qual é o custo para investir?

O Tesouro Nacional não cobra nada além do que é necessário para o investimento. Já as corretoras cobram a taxa de corretagem pelo serviço, necessárias para que a operação seja feita. Aliás, além da intermediação, uma boa corretora auxilia o investidor na aplicação.

Já a BM&FBovespa, bolsa de valores brasileira, fica com 0,3% ao ano do valor da nota. A cobrança ocorre a cada seis meses — 0,15% por semestre.

 

Como os títulos são vendidos?

Atualmente, cada nota vale aproximadamente R$ 2,9 mil. Mas é possível comprar apenas parte de um título, pois são divididos em dez quotas para a venda. Então, é possível investir a partir de R$ 300, aproximadamente, em 10% de um título — ou em notas inteiras e mais pedaços de outra. Isso vai depender do capital possuído pelo investidor.

A conclusão é que a NTN-B é um ótimo investimento no longo prazo. A garantia de rendimentos reais com o passar do tempo e o baixo risco dele são o que os investidores sempre procuram para aplicar capital visando o futuro. E quanto maior for o prazo nas operações do Tesouro Nacional, melhor.

 

Você planeja e investe, ou pretende investir, para colher bons frutos do seu capital? Então, assine a nossa newsletter e não perca nenhum de nossos artigos voltados ao sucesso do seu investimento!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Tesouro Direto

Relacionados