Fique rico investindo em debêntures!

Atualmente nada paga mais em renda fixa do que as debêntures.  Além desse rendimento elevado algumas debêntures são incentivadas e por esse motivo são isentas de IR, o que...
Debêntures

Atualmente nada paga mais em renda fixa do que as debêntures.  Além desse rendimento elevado algumas debêntures são incentivadas e por esse motivo são isentas de IR, o que as torna bastante atrativas no médio/longo prazo.

 

Como funcionam as debêntures?

Assim como os títulos públicos e os títulos bancários, as debêntures também são títulos emitidos para financiar algum projeto, porém são emitidas por empresas para captação própria. Como as debêntures financiam projetos muito grandes e de empresas grandes, é muito mais fácil e barato para a empresa emitir uma debênture do que realizar um IPO ou pegar crédito no mercado.

As debêntures possuem vencimentos um pouco alongados, porém muitas delas pagam juros semestrais ou anuais, ou seja, é possível aumentar muito sua rentabilidade com esse produto.

 

Quanto posso ganhar com debêntures?

Existem debêntures indexadas ao CDI e ao IPC-A. Atualmente a maioria das debêntures remunera o seu investimento indexado ao IPC-A + Taxa acordada na compra do título.

Mas de forma prática, como posso ganhar mais dinheiro investindo em debêntures?

Imagine uma inflação a 10% a.a. e uma debênture que remunere IPC-A +10% a.a. Considerando a inflação e a taxa de juros a remuneração desta debênture será 20% a.a.

O montante principal aplicado é reajustado por esse índice de inflação, mantendo o seu poder de compra.  Além do reajuste são pagos juros periódicos reais (acima da inflação) pautados na rentabilidade oferecida por cada uma.

Vale ressaltar que todas as aplicações são de renda fixa, portanto há um risco mais baixo.

 

Pensando no seu dinheiro…

Se aplicarmos R$ 50.000,00 em uma debênture que remunere IPC-A +10% a.a., com juros semestrais, por um período de cinco anos. O montante de R$ 50.000,00 será reajustado anualmente acompanhando a inflação.

Semestralmente você receberá juros desta aplicação durante esses anos.

Na Tabela abaixo é possível esta simulação:

Principal Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5
Atualização do principal $  50.000,00  $ 60.447,60  $ 74.349,82  $ 91.449,38  $ 112.503,24  $ 138.540,13

*Considerando a inflação de 10% a.a.

O pagamento dos juros semestrais ficaria da seguinte forma:

 

Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5
1º Semestre  R$ 2.610,11  R$ 3.210,40  R$ 3.948,76  R$ 4.856,92  R$ 5.976,66
2º Semestre  R$ 2.894,74  R$ 3.560,49  R$ 4.379,36  R$ 3.560,49  R$ 6.632,46
Anual  R$ 5.504,85  R$ 6.770,90  R$ 8.328,12  R$ 8.417,42  R$ 12.609,13

 

No final de 5 anos de aplicação em uma debênture com as características do exemplo o principal aplicado alcançará um montante de  R$ 138.540,13. E seriam pagos um total de R$ 41.630,00 em juros.

 

Quais as garantias de uma debênture?

Como as debêntures são emitidas por empresas, cada debênture apresenta uma garantia em caso de percalços. As garantias podem ser ativos da empresa, utilização dos serviços e seus recebíveis.

Suponha que uma empresa responsável pelo setor de energia emita debêntures. A garantia dessa debênture será a utilização dos serviços de luz e seus recebíveis em contas de luz. As contas pagas pelos usuários vão para uma conta específica que pagara os debenturistas em caso de um percalço.

 

O rendimento das debêntures é líquido?

A maioria das debêntures financiam projetos ligados à infraestrutura, por visarem setores estratégicos para o crescimento do país, incentivadas e isentas de IR para pessoa Física. O que aumenta ainda mais o rendimento para você no fim da Linha.

Diversificar e potencializar seus investimentos com debêntures pode ser uma alternativa muito rentável para você.

Aproveite para conhecer as debentures disponíveis, e lembrem-se grandes corretoras trabalham apenas com empresas grandes e de bom rating.

Não esqueça que o maior aliado de seus investimentos é o tempo: Quanto antes você começar, maior será seu rendimento!

Vemo-nos em breve!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
InvestimentosO CaminhoRenda Fixa

Relacionados