Como escolher um fundo de investimento para garantir seu futuro

Como se planejar e escolher um bom fundo de previdência Atualmente, é bem comum as pessoas se preocuparem em investir na previdência privada, embora normalmente elas comecem meio tarde....

Como se planejar e escolher um bom fundo de previdência

Atualmente, é bem comum as pessoas se preocuparem em investir na previdência privada, embora normalmente elas comecem meio tarde. Claro que não é o ideal, mas estamos melhorando nossa consciência em relação ao planejamento financeiro. Como algumas avós diziam, é melhor guardar alguma coisa do que não guardar nada!

Só que no caso da previdência privada, isso pode ser problemático por causa do longo prazo e também das consequências de escolhas tributárias equivocadas. Para ficar bem quando ficar mais velhinho, não existe uma situação que se enquadre para todas as pessoas, pois de acordo com a idade e com as pretensões financeiras, isso muda bastante. Você sabe com o que se preocupar na hora de garantir seu futuro e escolher um bom fundo de previdência?

Vamos tentar mostrar, de acordo com o prazo de antecipação, um caminho comum que todos devem seguir com o objetivo de conseguir uma aposentadoria mais tranquila e sem muito estresse depois de uma vida longa de trabalho!

Mais de 20 anos de depósito até a aposentadoria

Essa é a melhor situação, pois você sabe que o tempo é o seu maior aliado. Se você ganha uma merrequinha por mês e não consegue guardar muito dinheiro, não se preocupe nem com a quantidade nem com a rentabilidade passada do plano a ser escolhido. Pegue um percentual fixo do seu salário, mesmo que seja bem pouquinho, e nem olhe para ele! Jogue direto para a previdência privada e busque um fundo que invista em renda variável, que é basicamente a bolsa de valores. No longo prazo, eles são bem rentáveis.

Em épocas de crise, você deve ficar esperto, pois esse tipo de investimento pode ter rentabilidade negativa. É doloroso, claro, mas como o seu prazo é bem grande, você terá tempo de sobra para recuperar a grana se tiver perdas.

Outra coisa importante é que o percentual do salário deve ser fixo. Isso quer dizer que quanto mais o seu salário crescer, mais esse valor deverá crescer também. Comece com 5% que não pesa muito, principalmente se os seus gastos não forem tão elevados e você ainda morar com seus pais. Se puder guardar um percentual maior, sua velhice agradecerá!

Entre 10 e 20 anos de depósito até a aposentadoria

Aqui, a coisa ainda não está ruim, mas deixou de estar perfeita como no primeiro caso. Ainda dá tempo de deixar na renda variável, mas já se preocupe em deixar pelo menos 20% do total investido em fundos mais conservadores de previdência privada. Fique consciente de que mais grana mensal será necessária. Não arrisque muito sua saúde financeira na velhice, ok? E mantenha sempre o mesmo percentual de depósito em relação ao seu salário, não se esqueça.

Menos de 10 anos de depósito até a aposentadoria

Olha, a situação aqui é mais complicada e você poderá arriscar bem menos. Isso porque o tempo agora é seu inimigo. Você tem pouco tempo, precisará de mais dinheiro todo mês e não poderá arriscar nada, pois uma perda na bolsa de valores terá poucas oportunidades de recuperação. Afinal de contas, você já viveu um bocado e não precisa de tanta emoção na vida a partir deste ponto, certo? Seu percentual do salário precisará ser bem alto, superior a 30%, e muita gente não consegue alcançar os objetivos por causa do prazo curtinho.

Viu como planejar faz toda a diferença na previdência privada? Tente sempre pensar antecipadamente. A previdência privada não é um jogo nem garantir seu futuro é uma brincadeira. Há vários fundos de investimento em previdência privada no mercado, mas você precisa escolher com muito cuidado qual será o seu escolhido. Se ainda tiver dúvidas e estiver pensando em começar a investir em previdência privada, é só falar com a gente aqui nos comentários!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Investimentos

Relacionados