5 maneiras para duplicar o retorno do seu investimento

Devido aos níveis de inflação que estão deixando a economia brasileira em frangalhos, a alternativa única é aumentar o retorno obtido nos investimentos. A economia encolhendo e a inflação...
5-maneiras-para-duplicar-o-retorno-do-seu-investimento

Devido aos níveis de inflação que estão deixando a economia brasileira em frangalhos, a alternativa única é aumentar o retorno obtido nos investimentos. A economia encolhendo e a inflação atingindo percentuais já com dois dígitos fizeram acender a luz amarela para os investidores e já é fato comum: é necessário aumentar o retorno de uma aplicação.

Como conseguir essa façanha, considerada a atual conjuntura econômica? Veja agora 5 caminhos que facilitam este objetivo!

1) Aumente seu nível de conhecimento financeiro

A educação é o ponto de partida para a evolução em todos os sentidos. Não é nas finanças que isso seria diferente.

Se você quiser aumentar os seus níveis de retorno de investimento, chegando até a dobrá-los, um passo importante (e deve ser o primeiro) é aumentar os seus conhecimentos financeiros. Muitos brasileiros apenas conhecem a caderneta de poupança como uma aplicação popular e isso é um erro fatal.

Dado os níveis de inflação, a caderneta de poupança tem devolvido retornos negativos para os investidores, pois em um ano rende menos de 7%, contra mais de 10% anuais da taxa oficial de inflação. Corra da poupança, principalmente se o seu objetivo é o longo prazo. Essa é uma das lições que o conhecimento financeiro trará.

2) Diversifique sua carteira de investimentos

Diversificar a carteira de investimentos não é aplicar no mesmo título, em vários bancos diferentes. Está longe disso e, se você ainda estiver pensando assim, volte rapidinho para o nosso primeiro passo!

Procure identificar o seu perfil de investidor e, com base nele, defina metas e prazos para elas. Mas aqui, você terá que ser muito disciplinado.

Por exemplo, se você resolver investir em um fundo de ações e ele, durante um período de tempo, gerar retornos negativos, mantenha a disciplina e não saia de uma aplicação até que o seu limite de perdas seja alcançado. Sem disciplina não se chega a lugar nenhum, aprenda isso!

Procure alternativas

Invista em fundos multimercados (diversos ativos de uma vez só), letras de crédito, que possuem um prazo maior — mas oferecem mais rentabilidade, principalmente aquelas atreladas a bancos pequenos, assim como funciona com o CDB. Neste último caso, as instituições financeiras pequenas, por serem menos conhecidas, oferecem rentabilidade maior que os bancos mais populares e, com a proteção do FGC, você poderá investir tranquilo, que terá a garantia dos valores aplicados até o limite de R$250 mil por instituição bancária.

Isso é diversificar: buscar alternativas que ajudem seus retornos a serem mais dinâmicos, retirando os “ovos de uma única cesta” e distribuindo-os por várias distintas. Se vier uma ventania e derrubar uma ou outra cesta, você não perde tudo. É preciso fazer a nossa parte!

3) Identifique oportunidades únicas

O seu conhecimento prévio adquirido em finanças ajudará a identificar e aproveitar, da melhor maneira possível, oportunidades únicas. Um modo muito comum de se investir recursos é com imóveis, mas eles são conhecidos pela falta de liquidez, ou seja, pela falta de possibilidade de revenda em curto prazo de tempo.

Pois bem, se você resolver adquirir um imóvel bem abaixo do valor, aquele em que o dono estava praticamente dando para o comprador, poderá segurá-lo por alguns anos e revendê-lo com um excelente retorno. Mas só identifica estas oportunidades quem está realmente atento ao mercado.

Tome cuidado e evite investir em veículos, pois sempre perdem valor com o decorrer dos anos. A não ser que você seja do estilo colecionador, mas essa é outra história!

4) Busque auxílio de um profissional da área de investimentos

Você adquiriu conhecimento, já tem uma estratégia para longo prazo e está apenas esperando aparecer aquela oportunidade perfeita para você. Enquanto isso, que tal investir uma pequena parte do seu dinheiro contratando um profissional da área de aplicações?

Certamente, ele poderá lhe indicar os melhores caminhos, tendências para curto prazo e indicar modalidades de investimentos que farão os seus retornos dobrarem em pouco tempo. Isso também será uma oportunidade para você testar, na prática, os conhecimentos que você adquiriu em finanças.

É como se fosse uma prova para você, pois você terá suas ideias próprias de investimento e, ao contratar um profissional, você identificará se a sua linha de raciocínio está de acordo com a de alguém que vive as aplicações 24 horas por dia. Certamente, você sairá ganhando ao investir esta pequena parcela do seu dinheiro.

5) Pense sempre no futuro, mas não se esqueça do presente

O fato do futuro ser uma grande preocupação, faz com que muitos investidores se esqueçam de avaliar os retornos obtidos a curtíssimo prazo. Afinal de contas, suas contas atuais não podem ser pagas no futuro.

Portanto, não meça esforços para fazer com que suas aplicações rendam de maneira satisfatória, tanto no curto quanto no longo prazo. Sua vida precisa ser vivenciada de maneira completa, não se esqueça disso!

Quando se resolve aumentar o nível de conhecimento em finanças, não serão só seus ganhos em investimentos que serão potencializados. Seus gastos passarão a ser realizados de maneira racional também. A qualidade de vida aumenta, pois ao expandir o retorno da aplicação, sua família percebe a mudança e engaja-se junto nesta nova fase, trazendo frutos de longo prazo para todos aqueles que o cercam.

Quer saber mais sobre investimentos ou sobre como investir corretamente o seu dinheiro? Escreva e deixe um comentário para nós!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Investimentos

Relacionados