O que faz um Assessor Financeiro?

As demandas do dia a dia não te deixam acompanhar os últimos acontecimentos do mercado econômico? Quer começar a investir, mas não está conseguindo poupar o suficiente? Um assessor...
o que faz um assessor financeiro

As demandas do dia a dia não te deixam acompanhar os últimos acontecimentos do mercado econômico? Quer começar a investir, mas não está conseguindo poupar o suficiente? Um assessor financeiro pode ser o que você está precisando.

O assessor financeiro pessoal pode ser uma boa ideia para alcançar seus sonhos. Principalmente se eles dependem da sua saúde financeira.

Hoje em dia é cada vez mais normal que as pessoas contratem profissionais especializados para lidar com suas finanças.

Diferentemente do assessor de investimentos, o financeiro será responsável por organizar e acompanhar integralmente todas as suas finanças.

O profissional se torna indispensável para executivos e pessoas que trabalham muito e não têm tempo para acompanhar seus investimentos.

O assessor financeiro é um profissional que lida com muita responsabilidade. Ele participa ativamente das estratégias para alcançar os seus objetivos e controlar todas as finanças. Ele também auxilia a passar longe da crise e das dívidas.

 

O que faz um assessor financeiro?

Geralmente graduado nas áreas de administração, economia ou contabilidade, tem um grande leque de atuação.

O assessor pode exercer funções ligadas à análise do mercado, equacionar as fontes de renda, organizar os fluxos de débitos, programar pagamentos, entre outras atividades ligadas ao dinheiro.

Quando você possui investimentos, ele também pode acompanhar os rendimentos, estudando e sugerindo as melhores formas de aplicar suas finanças.

O assessor financeiro controla, monitora e atua em todas as atividades financeiras. É ele quem vai ficar no pé se não controlar o cartão de crédito, garantindo tranquilidade de estar com as contas todas em ordem e pagas no dia certo.

 

Como um assessor financeiro pode me beneficiar?

Muitos pensam que as funções de um assessor se limitam a questões de organização. Porém ele tem também a capacidade de ampliar os lucros, assim como elaborar estratégias para gerar outras fontes de renda.

Por meio das operações de controle e organização, o assessor financeiro é capaz de levantar um completo sistema de informações.

Através dele, é possível analisar profundamente perdas e ganhos, pontos fortes e pontos fracos das finanças.

Embora pareça pouca coisa, reunir e analisar todos os dados é de grande valia para adequar todas as saídas com as necessidades de conquistar novos objetivos ou ampliar os bens.

Por isso é que o profissional tende a participar das grandes decisões pessoais, como a compra de um novo patrimônio ou a abertura de um negócio próprio.

O assessor trabalha em busca de um diagnóstico preciso e adequado para a sua situação, com o máximo de personalização, maximizando seus recursos.

 

A quais áreas o assessor financeiro está ligado?

Embora ele trabalhe focado nas suas finanças, o assessor precisará entender amplamente todas as atividades e aspectos da sua vida.

Por exemplo, saber qual o seu perfil de investidor, a escola adequada para os seus filhos, quais são as prioridades na carreira e suas expectativas a médio e logo prazo.

Por ser a pessoa que fica responsável pela sua vida econômica, praticamente todos os gastos são controlados por meio de extratos bancários, faturas e folhas de pagamento.

Mas isso não significa que ele terá domínio sobre suas contas ou mesmo poder de veto e controle sobre os investimentos.

O assessor financeiro estará alinhado com suas intenções, atuando sempre em colaboração para um melhor desenvolvimento das suas finanças.

 

Como um assessor financeiro pode contribuir com análise econômica?

Por acompanhar diariamente os desenvolvimentos e novidades do mercado financeiro, o assessor poderá indicar mudanças que alterem positivamente seu dinheiro.

Ele sempre deve ser consultado em casos de contratação de novos serviços para casa, gastos com a empresa, novos investimentos, entre outras coisas.

 

Tranquilidade para o dia a dia

Muitos se surpreendem ao contratar um assessor financeiro, pensando que ele está ligado somente aos gastos mais significativos.

O profissional, contudo, pode trazer tranquilidade para o cotidiano, organizando e simplificando pagamentos de todos os tipos.

O assessor também deve elaborar relatórios mensais, notificando todas as movimentações, possíveis falhas e como está o efetivo com relação ao planejamento.

Com isso, acontece a otimização de recursos, além de muito mais tempo para gastar com a carreira, com a família ou com lazer.

 

Controle financeiro de acordo com sua expectativa

Muito importante para o crescimento saudável de qualquer economia, o assessor trabalha com a adequação dos objetivos a longo prazo aos recursos disponíveis.

É ele quem vai se certificar que todas as linhas estão sendo seguidas para que os objetivos sejam alcançados.

Por isso o assessor deve ser capaz de elaborar planilhas, relatórios, orçamentos e coordenar análises internas para organizar e direcionar os custos para o objetivo geral.

 

O assessor como estrategista

Já disse o quanto o assessor financeiro é um profissional indispensável não só pelas atividades diárias, mas faltou mostrar o reconhecimento também por seu papel nas grandes decisões.

Seu desempenho pode trazer inúmeros benefícios, humanizando dados econômicos e traduzindo todas as movimentações de forma clara e acessível. Até mesmo para os menos entendidos do mercado financeiro!

O assessor pode ainda ter essa participação na tomada de grandes decisões, levando em consideração que é especializado nisso.

Para ser um assessor financeiro são necessárias sólida formação ligada à economia e especialização na área que for seguir.

Por isso, nada melhor do que deixar as decisões serem compartilhadas com quem entende, em vez de correr riscos, não é mesmo?

 

A participação do assessor na vida pessoal

Embora exista o consultor financeiro, que presta consultoria para empresas, o assessor pode possuir algum tipo de vínculo diretamente com você.

Em geral, é cada vez melhor e mais necessário que isso ocorra. O vínculo leva os assessores a acompanhar continuamente as demandas e necessidades próprias da sua rotina, trazendo qualidade e segurança.

 

Como contratar um assessor financeiro?

Em primeiro lugar, deve-se elaborar detalhadamente as ações que serão desempenhadas pelo assessor. Delimitar suas funções e entender todas as atividades que vão estar ligadas a ele também é muito importante.

Feito isso, a pesquisa pode começar na internet, sempre prestando atenção se o profissional ou empresa possui os registros adequados.

Procure, por exemplo, instituições como o IMCPF (Instituto Brasileiro de Certificação de Planejadores Financeiros), que certificam a participação qualitativa dos assessores no mercado.

É bastante recomendável que o perfil do assessor seja alinhado com seu perfil, de modo a contribuir ativamente para seus objetivos e sonhos.

Não precisamos de uma pessoa que vá contra nossos sonhos e planos, mas queremos ajuda para chegar lá, certo?

Viu como esse profissional pode ser uma peça fundamental para o seu crescimento pessoal?

 

Compartilhe este artigo nas redes sociais e ajude seus amigos a entender o que faz um assessor financeiro!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Finanças Pessoais

Relacionados