Como melhorar a rentabilidade do seu negócio?

Um negócio rentável é fruto de inúmeros fatores importantes, como, conhecimento a respeito da realidade financeira da empresa, a identificação de gastos a serem diminuídos, buscar novas fontes de...
Como_melhorar_a_sua_rentabilidade.jpg.jpeg

Um negócio rentável é fruto de inúmeros fatores importantes, como, conhecimento a respeito da realidade financeira da empresa, a identificação de gastos a serem diminuídos, buscar novas fontes de rentabilidade, e inclusive a sua própria capacidade de gestão. E é para trabalhar essas questões é post de hoje lhe oferecerá algumas informações valiosas sobre como manter os números do seu empreendimento sempre no azul.

A importância de conhecer a rentabilidade do seu negócio

Antes de buscar alternativas para melhorar a rentabilidade da sua empresa, é importantíssimo que o gestor saiba exatamente como monitorar todas as questões financeiras referentes às rotinas diversas de um empreendimento. Isso além de englobar o fluxo de caixa, custos fixos e variados, ticket médio dos produtos, margem de lucro líquido e lucro bruto, também deve atingir questões importantes, como, o retorno em investimento em marketing, perdas de produtos, e tudo aquilo que for conveniente mensurar de forma que nenhum centavo passe desapercebido. Para tanto, é fundamental trabalhar com erro mínimo, contando com ferramentas que demonstrarão de forma eficiente a realidade financeira do negócio. Uma boa dica nesse sentido são os sistemas informatizados de gestão, que poderão ser integrados aos diversos setores da empresa e monitorados em tempo real a qualquer momento.

Como cortar custos

Após conhecer a rentabilidade do negócio e suas principais fontes de lucro e prejuízo, é necessário identificar formas de reduzir ainda mais dos custos, e abaixo estão algumas dicas que podem ser adotadas.

·        Linhas telefônicas em excesso

Uma das principais fontes de gastos de um empreendimento é com os serviços telefônicos. Além de ser mais vantajoso optar por planos corporativos assinados através do cnpj da empresa, a utilização das chamadas telefônicas pode ser reduzida consideravelmente a partir do uso de sistemas voip, programas de trocas de mensagens de texto, e outras alternativas similares que podem fazer com que um bom dinheiro seja economizado, sem alterar a eficiência na comunicação interna e externa.

·        Sistema tributário

MEI, Simples, Lucro Real e Lucro Presumido são os principais sistemas de tributação de empresas no Brasil. Uma escolha errada sobre a opção mais adequada para o seu negócio pode impactar consideravelmente nos ganhos. Portanto, sempre faça uma reanálise para verificar se não há a possibilidade de alteração.

·        Estoques

Outra fonte de problemas com a saúde financeira de um negócio é uma má gestão de estoque. Avalie sempre quais são os produtos que possuem mais e menos saída, de forma a tentar fechar o período com a circulação de mercadorias o mais próximo possível da demanda real, evitando perdas com perecimento, armazenamento, e inclusive avarias dos produtos.

·        Colaboradores

Contratar, treinar, e demitir um funcionário, trazem consigo uma série de gastos que devem ser arcados pela empresa. Portanto, muito cuidado ao escolher um novo colaborador, de forma que aquele seja realmente um talento que perdurará na empresa. Outro fator a ser verificado, é se não vale mais a pena terceirizar o serviço para determinados setores.

·        Materiais, utensílios e demais insumos

Evite a impressão de papéis sempre fazendo a opção pelo compartilhamento de documentos através de meios digitais, diminuindo assim os gastos com a compra de folhas e toners para impressoras. Faça também um trabalho de conscientização dos colaboradores quanto ao uso de descartáveis, e até sobre a economia de energia elétrica. Esta dica além de fazer com que os custos da empresa diminuam, contribui para a questão da sustentabilidade.

 Investir em um fundo

Os recursos excedentes do seu negócio não devem ficar parados, pois, isso significa dinheiro perdido. Busque consultorias para identificar seu perfil de investidor, prazos de retorno, tipos de fundos, ou qualquer outra maneira que irá fazer com que o capital do seu negócio continue trabalhando por você.

Sem estresse

Algo que pode comprometer de forma considerável a rentabilidade do seu negócio, é a sua própria condição física e mental. Indisposições ou um quadro de estresse pode lhe fazer tomar decisões erradas, impactando diretamente nos ganhos da sua empresa. Portanto, não descuide da sua saúde, busque sempre que possível ter momentos de lazer de forma desligada do trabalho.

Gostou desse artigo? Você também poderá se interessar por “5 DICAS IMPERDÍVEIS DE COMO ECONOMIZAR DINHEIRO”!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Finanças Pessoais

Relacionados