8 dicas para fazer compras inteligentes

Que fazer compras é uma atividade prazerosa, não temos dúvida. Poder adquirir tudo o que se quer e até o que não é preciso é uma dádiva. Mas, em muitos...

Que fazer compras é uma atividade prazerosa, não temos dúvida. Poder adquirir tudo o que se quer e até o que não é preciso é uma dádiva. Mas, em muitos casos, isso acaba prejudicando o orçamento.

Por isso, comprar, como qualquer outra atividade, deve ser uma tarefa feita de forma inteligente. Acredite: é possível gastar dinheiro sem prejudicar as suas despesas.

Antes de irmos propriamente para as dicas sobre compras inteligentes, precisamos comentar sobre uma prática fundamental.

Provavelmente você já a viu em vários textos sobre finanças. Entretanto, é verdade, é impossível fazer qualquer coisa relacionada à vida financeira, inclusive fazer compras inteligentes, sem começar por ela.

Essa prática consiste em saber o quanto você recebe e o quanto gasta: trata-se do famoso controle de gastos. É a atitude indispensável para que você use o seu dinheiro da maneira certa.

Como os seus rendimentos estão sendo desembolsados? É com coisas supérfluas demais? Quais atitudes você pode ter para mudar isso?

Essas são algumas das perguntas que você precisa fazer enquanto monitora o seu orçamento. Com isso bem claro, vamos ao que interessa — dicas sobre como fazer compras inteligentes:

1. Faça listas

As listas são sempre um grande auxílio. Ajudam a não perder o foco. Impedem que se acabe comprando coisas desnecessárias. 

Além disso, elas podem ajudar a fazer cálculos da média de quanto você vai precisar. Isso define um limite de gastos.

Observe o quanto você consome de cada produto, no mês, e compre apenas a quantidade que utiliza.

No supermercado, por exemplo, você não vai perder tempo tentando lembrar o que precisa. Assim conseguirá agilizar as suas compras.

Também faça listas de presentes antecipadamente para datas comemorativas, como Natal e aniversários.

Sabendo exatamente o quanto é necessário gastar, você vai conseguir adequar o seu orçamento para essas despesas. Dessa forma, não correrá mais o risco de desembolsar além do necessário. Isso será fazer compras inteligentes.

2. Pesquise os preços

Tudo bem, você decidiu comprar um produto. Então, faça um levantamento sobre ele. Compare marcas diferentes e diversas lojas. É muito provável que você encontre descontos interessantes.

A internet é uma ferramenta muito boa para realizar essas pesquisas. Existem muitos sites de comparativos de preços. É fácil, também, ter a opção de receber um aviso de quando o produto estará mais barato.

Caso a compra seja feita pessoalmente, muitas lojas darão descontos se o pagamento for à vista.

3. Compre apenas o que for usar

Essa é uma dica crucial para fazer compras inteligentes e evitar desperdícios: jamais compre por impulso.

Analise se aquele produto realmente é necessário para o seu dia a dia. Saiba separar o desejo da prioridade. Isso serve, ainda, para serviços que você adquiriu.

A regra é nunca comprar o que não tiver chance de continuar sendo importante para você a longo prazo.

Ao ver, em uma loja física ou na internet, algum produto que você queira muito, espere uma semana antes de comprá-lo. Se você consegue passar uma semana sem esse produto, provavelmente ele não é necessário.

4. Faça compras mensais

Uma boa forma de evitar ir ao supermercado toda semana é realizar grandes compras no começo do mês.

Lembra-se de quando comentamos sobre observar a quantidade que você consome de cada item? Então, essa informação pode ajudar na hora de escolher esses produtos.

Aproveite para pegar o que você usa bastante, como papel higiênico, sabonete, alimentos não perecíveis, entre outros. Muitas dessas unidades oferecem descontos e ainda duram todo o mês.

5. Opte por produtos mais baratos

Aqui vale também para serviços pagos mensalmente. Examine-os e note aquilo que pode ser reduzido a opções mais baratas. Pacotes de internet, planos de celular e serviços semelhantes são um bom jeito de começar.

No caso de compras no supermercado, procure alternativas mais genéricas. Muitos produtos com preço mais em conta produzem o mesmo resultado.

Não seja tão apegado às marcas. Às vezes, aquelas não tão conhecidas são mais baratas e têm o mesmo excelente resultado. Esteja aberto às possibilidades de mais compras inteligentes.

6. Veja o que estão dizendo sobre aquilo que você quer

Essa dica é mais indicada para produtos mais caros, como carros, eletrodomésticos, móveis etc.

Para evitar surpresas, pesquise a opinião de outros compradores sobre o produto ou serviço do seu interesse.

Lojas on-line são um ótimo local para descobrir essas informações. Elas sempre têm uma seção de comentários.

Muita gente já tem o hábito de escrever sobre o que achou da própria compra e é costume deixar uma nota. É interessante, também, conferir os relatórios do Inmetro.

7. Evite se impressionar com a atmosfera da loja

Pode parecer bobagem, mas existem estratégias que o comércio utiliza para atrair os clientes para as lojas. Quer saber uma? O uso de determinadas músicas pode fazer com que os clientes fiquem mais tempo no estabelecimento.

Outra estratégia? As joalherias usam luzes bem focadas e de diferentes cores nas joias para destacá-las.

Atenção para que esses detalhes não influenciem você. Lembre-se de que, por mais atraente que uma loja possa parecer, isso não muda o preço dos produtos. Também não ajuda a fazer compras inteligentes.

8. Saiba quais são as políticas de retorno e garantia

Você pode ter amado o produto quando o viu na loja ou on-line. Então, ao chegar em casa, encontrou um defeito ou percebeu que ele não é bem o que você queria. 

Saiba que, se comprou pela internet, você tem o direito de devolver o produto em até sete dias se ele não agradou.

Também pergunte na loja como funcionam o reembolso e a devolução. Para dar tudo certo, procure não danificar o produto no momento de abrir a embalagem.

Ficou claro que, para usar o seu dinheiro com inteligência, você não precisa fazer nenhum milagre, não é mesmo?

Conheça os seus rendimentos e despesas, faça listas, pesquise os preços e não se deixar levar pelo impulso. Assim, sempre poderá realizar compras inteligentes e sem dor de cabeça.

Gostou de saber como você pode fazer compras inteligentes? Quer melhorar a sua relação com o dinheiro? Dê uma olhada em nosso texto sobre como economizar 50% do seu salário

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Finanças Pessoais

Relacionados