Por que a Previdência Privada não é bem vista?

Muitas pessoas, quando citamos a previdência privada, “torcem o nariz” e logo pensam que esse tipo de investimento é uma furada, mas poucas pessoas sabem que tem esse tipo...
Por que a Previdência Privada não é bem vista?
Por que a Previdência Privada não é bem vista?

Muitas pessoas, quando citamos a previdência privada, “torcem o nariz” e logo pensam que esse tipo de investimento é uma furada, mas poucas pessoas sabem que tem esse tipo de preconceito, pois só foram apresentadas a previdências ruins.

Quer usar o dinheiro do imposto para investimento?

A maior parte das pessoas no Brasil ainda investe através de bancos, por esse motivo conhecem previdências apenas do banco. Como, no geral, as previdências são oferecidas de forma massificada pelo banco muitas vezes o produto passa a não fazer sentido para você, pois não foi feito um estudo se essa previdência seria a melhor opção para você.

Outro motivo que faz as pessoas criarem um preconceito em relação à previdência privada é por que, além de serem apresentadas de forma massificada, muitas vezes são apresentadas previdências muito ruins para o cliente.

O que são previdências muito ruins?

Previdências que pagam altas de administração e que ao mesmo tempo apresentam uma rentabilidade pífia;

  • Previdências que possuem taxa de carregamento sobre aportes;
  • Previdências que tem atualização de tabua atuarial;
  • Previdências que não possuem um regime de tributação adequado para você,
  • Previdências que estão fora do seu perfil no geral.

Provavelmente se a previdência possui um dos requisitos acima ela é uma previdência ruim. E como a maioria das previdências apresentadas às pessoas têm essas características acaba-se criando um preconceito em relação ao produto no geral. É aquela coisa: “As boas previdências pagam pelas más”. O Preconceito é criado porque produtos no banco não são bons, ou porque são oferecidos para o publico errado.

Mas como reverter a situação e conhecer boas previdências?

As previdências, primeiramente, devem ser sempre pensadas no longo prazo, quando pensadas dessa forma apresentam diversas vantagens em relação a outros investimentos. Outra coisa que devemos pensar é “quem” nos oferece a previdência, quando um banco o faz, normalmente a previdência tende a apresentar alguns desses problemas, por conta de conflito de interesses e objetivos desalinhados. O ideal é procurar uma previdência fora dos bancos. Uma previdência com taxas menores, que não apresentem, por exemplo, taxas de carregamento no aporte, com uma rentabilidade compatível com o mercado e por ultimo e não menos importante que esteja alinhada com seus objetivos.

 O primo rico te ajuda a escolher a previdência certa para você e também a avaliar se as previdências que você conhece são ruins.

Previdências não são ruins, você apenas ainda não conheceu as corretas!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Previdência Privada

Relacionados