Entenda se você precisa de uma Previdência Privada

A Previdência Privada é uma ótima modalidade de investimentos e aposentadoria. Porem, aprendi que no mercado financeiro não existe nenhum tipo de aplicação que seja para todo mundo, e...
Entenda se você precisa de uma previdência privada

A Previdência Privada é uma ótima modalidade de investimentos e aposentadoria. Porem, aprendi que no mercado financeiro não existe nenhum tipo de aplicação que seja para todo mundo, e por isso, eu vou te ajudar a entender se realmente a previdência é para você.

Quer usar o dinheiro do imposto para investimento através da Previdência Privada?

Todos sabem como a carga tributária no Brasil é pesada. Em muitos casos, pagamos 27,5% de imposto sobre nosso salário, e ainda pagamos mais 60% de encargos sobre os produtos que compramos. Em uma das modalidades da previdência – no PGBL – o investidor consegue postergar imposto de renda sobre nossa renda, e em algumas vezes até jogá-lo para pagar depois de 20 ou 30 anos, que durante esse período o dinheiro ainda vai render em um fundo de previdência. Parece bom demais para ser verdade, mas justamente por isso, temos um limite anual de investimento no PGBL.

 

Falta de conhecimento no mercado de Investimentos

Se você não trabalha no mercado financeiro, e especificamente na área de investimentos, não passa seu dia inteiro analisando os investimentos e não tem conhecimentos avançados no assunto. Seu tempo é melhor utilizado quando o utiliza no seu próprio negócio. Afinal de contas, sua rotina deve ser lotada de tarefas, e-mails para responder, projetos para entregar, pessoas para gerenciar e chefes para reportar. Dificil tomar conta do seu dinheiro, né?

Por isso, você precisa de alguém para fazer o papel de tempo e conhecimento para você. Na previdência privada, uma de suas grandes tarefas é escolher um bom gestor. Afinal de contas, ele vai te poupar de escolher entre investimentos complexos, e também vai te dar conforto e tranquilidade para focar no seu negócio, familia e hobbies. Enquanto isso, um bom fundo de previdência vai te dar essa tranquilidade.

 

Falta de discilplina financeira

Já ministrei muitos cursos finanças pessoais. Posso concluir que infelizmente, muitas vezes é dificil todos entenderem a importância desse assunto. Muitas vezes, até entendemos que faz sentido organizar os gastos, economizar despesas e aplicar o excedente. Porem, na prática tudo isso é muito complexo. O grande problema nesse caso, é que o tempo pode ser seu aliado ou seu inimigo. Se você chegar lá na frente e não tiver mais condições de acumular um valor suficiente para você manter sua qualidade de vida, vai depender de recursos de terceiros, doações, ou vai começar a queimar seu patrimônio. Para isso, é importante enxergar sua aposentadoria como um custo, e a previdência é o ideal para esse tipo de coisa. Os investidores podem contribuir em uma previdência privada através de boletos, débitos em conta ou transferências programadas, sempre em dias específicos ou esporadícos.

Se é dificil para você guardar recursos todos os meses, a previdência pode te ajudar nessa empreitada. Afinal de contas, é só escolher um dia, o valor do débito, e garantir que isso ocorrerá todo o mês. O bom desse benefício da previdência, é que esse investimento periódico não é forçado, e sim disciplinar. Significa que se por acaso em algum mês o custo aumentar, você pode optar por não investir nesse mês, e tentar compensar mais pra frente – mesmo que não seja o ideal.

 

A aposentadoria pública é o suficiente para você ou você precisa de uma Previdência Privada?

O futuro chega em difentes datas para cada um. Quando chegar o seu, você pode ter que se preocupar com remédios, altos custos hospitalares, altos custos fixos e atividades que te proporcionem bem-estar, junto com custos de vida elevados se quiser ter um ótimo padrão de vida na velhice. Atualmente, a previdência social – o tal do INSS – te proporciona um teto próximo dos R$ 4.000.00,00 líquidos. Esse valor é o suficiente para você?

Se esse valor for o suficiente para você, e você ou sua empresa já contribuir com sua previdência social, provavelmente você não precisará de uma previdência privada. Porem, se você quiser ter uma aposentadoria superior a essa proporcionada pela parte pública, você mesmo poderá adequar o quanto quer receber no futuro, de acordo com quanto pode guardar hoje.

 

Seu fundo de investimentos está te dando uma rentabilidade satisfatória?

Se o seu fundo estiver te atendendo bem, fique tranquilo. Provavelmente você conseguiu acessar algum fundo de investimentos muito bom, e se está feliz, não tem que mexer. Porem, se você estiver se sentindo incomodado com aquele débito semestral que todo fundo de renda fixa tem, o “come-cotas”, você pode se aproveitar da ausência dessa “taxa” na previdência. Sabia que isso significa que todo fundo de previdência, em iguais condições com o fundo, rendem 5% do CDI a mais?

 

Você confia no INSS?

Antigamente, quase 40 pessoas contribuiam para cada aposentado no Brasil. Atualmente, esse número é quase 2 para 1. No futuro, estima-se que seja quase 1 para 1. Como a nossa população está envelhecendo, é provável que fique mais caro se aposentar dessa forma, e que as regrs sejam mudadas de tempos em tempos. Aliás, ela acabou de mudar . Se você acredita que esse é o melhor sistema, acredito que não precise se preocupar em criar seu próprio pé de meia. Porem, se você prefere se proteger, ou até se diversificar desse risco, é possivel que você se beneficie de um plano de previdência.

 

Você investe para o curto prazo?

Se você não tem capital para investir no longo prazo, e por algum motivo se vê obrigado a deixar seu dinheiro apenas em produtos com altissima liquidez, a previdência também não é para você. Ela costuma ser melhor aproveitada quando o investidor olha para o longo prazo. Todas as vantagens dela estão direcionadas a periodos mais longos, e a tabela de imposto vai te beneficiar bastante se seu dinheiro ficar aplicado lá por mais de 10 anos.

 

Você já tem uma estratégia vencedora que deseja seguir até sua aposentadoria?

Parece mentira, mas muita gente tem uma estratégia vencedora. Afinal de contas, no mercado financeiro existem muitas brechas, fórmulas matemáticas e meios de ganhar muito dinheiro. Se você já tem alguma crença imutável ou alguma vontade de seguir com a mesma estratégia de sempre, esse produto não é para você.

Por outro lado, se você acredita que sua estratégia vai mudar ao longo do tempo, a previdência tem alguns benefícios. Um dos grandes é a chamada “flexibilidade”. Diferente de outros investimentos, você pode transferir seus recursos de fundo para fundo, estratégia para estratégia sem ter nenhum ônus. Pelo contrário, se você acredita que o mercado de ações agora é o da vez, você pode migrar tudo para um fundo de previdência em ações, sem precisar resgatar seu patrimônio e pagar imposto. Agora o mercado de ações já subiu e você está em outra fase, buscando mais tranquilidade? Ok, é só ir para um de renda fixa – sem ônus novamente.

 

E se você morrer hoje. Sabe o que acontece com seu patrimônio e familiares?

Se você tiver filhos ou herdeiros, um grande patrimônio em imóveis, investimentos no banco ou alguem que dependa de você, seria um grande inconveniente não ter uma forma de transmitir patrimônio rapidamente. Em muitos casos – não raros – os herdeiros podem demorar até 2 anos para receber essa transmissão de herança.

Se o custo anual dos estudos do seu filho forem de 25 mil reais, e o custo de vida de sua familia for de 100 mil ao ano, com todos os bens em seu nome, é bem provável que eles enfrentem problemas até receber a herança. Se você tiver algum seguro de vida de qualidade, uma holding patrimonial ou alguma outra forma bem estruturada para transmitir herança, você pode não precisar de uma previdência. Caso você não tenha, essa pode ser uma forma simples de transmitir herança e ainda economizar ITCMD. Aliás, ter uma previdência pode te economizar quase 30% de seu patrimônio. Veja aqui.

 

Idade Máxima Recomendada para abrir uma previdência

Se você está com 60 anos e está pensando em abrir uma previdência, pode não fazer sentido. Se você estiver pensando em rentabilidade, e apenas está aplicando em previdência pois acredita ser um produto seguro e com rentabilidade, essa não seria a escolha certa.

Porem, a previdência poderia ser aberta pensando em planejamento sucessório e herança. Exclusivamente se fosse esse o caso.

 

Você tem tempo e conhecimento para operar no mercado de ações e renda fixa?

Se você tem conhecimento suficiente, patrimônio e tempo para operar ativamente no mercado, todos os dias, revisando sua carteira de investimentos periódicamente, acerta suas operações com regularidade, já tem um processo de transmissão de herança bem estabelecido e gosta de cuidar de seus investimentos por conta, provavelmente a previdência vai te fazer sentir muito preso, e com certeza não é o ideal para você.

 

Você quer deixar parte de sua herança para alguem em específico?

As vezes, acreditamos que outras pessoas são importantes em nossas vidas, e por isso gostariamos que elas recebessem uma parte do que construimos. Seria péssimo não conseguir destinar uma parte desses recursos para ela, certo? A previdência pode ter algum beneficiário em específico, que recebe o patrimônio assim que o atestado de óbito sair.

 

Como eu comecei dizendo, a previdência privada não é para todos. Porem, uma boa parte da população não a tem quando deveria, ou até a tem de forma errada.

 

Até a próxima!

Thiago Nigro

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
AposentadoriaPrevidência Privada

Relacionados