A previdência privada é mesmo segura?

Você guarda seu dinheiro com um sacrifício gigantesco pensando no futuro e ouve em um lugar qualquer alguém falando que a previdência privada é uma boa opção para investimento...
Businessman Brainstorming About Retirement Planning
Businessman Brainstorming About Retirement Planning

Você guarda seu dinheiro com um sacrifício gigantesco pensando no futuro e ouve em um lugar qualquer alguém falando que a previdência privada é uma boa opção para investimento e garantia de uma aposentadoria mais tranquila. Na hora, você pensa: “Isso caiu feito uma luva para mim!”. Mas e com relação à segurança do investimento? E se o meu dinheiro está investido em um banco ou uma instituição qualquer e ela quebra? Eu fico a ver navios? Meu rico e suado dinheirinho investido na previdência privada vai por água abaixo? Hoje eu vou te mostrar se este investimento é, de fato, seguro para você!

Como deixar o investimento mais seguro

Primeiramente, deve-se avaliar a situação atual da instituição financeira em que você deixará os seus recursos investidos. Como no momento de começar a aproveitar a graninha guardada durante a vida toda você quer segurança, alguns passos devem ser seguidos.

Falando mais diretamente sobre os planos PGBL e VGBL, que são as modalidades mais difundidas e negociadas de previdência privada no Brasil, a segurança deles foi sensivelmente elevada com o passar do tempo.

Se voltarmos no tempo umas 4 décadas, por exemplo, não havia uma regulamentação muito forte e, no ano de 1977, foi promulgada a primeira lei específica para garantir os direitos ligados à previdência. E isso foi só o primeiro passo do avanço.

Avançando um pouco mais no tempo, já em 2001, outra lei garantiu a segurança para os recursos investidos na previdência privada, obrigando as instituições gestoras a tratarem o seu dinheiro investido na previdência de maneira diferente e mais restrita do que os recursos normais.

O que isso quer dizer? Quer dizer que isso é ótimo e que, na prática, elas podem trabalhar com os seus recursos, investindo no que está especificado no seu contrato de previdência privada, mas não podem especular com ele. No longo prazo, é um grande benefício e garantia de que seu dinheiro estará lá no momento em que você precisar.

Uma restrição com relação à segurança do dinheiro é a forma de saque dos recursos lá na frente, bem no futuro, quando você já estiver mais velhinho. Se você escolher a modalidade de renda mensal vitalícia, isso poderá afetar a segurança, mas nada que te faça ficar pobre da noite para o dia. Para evitar isso, o ideal é escolher resgates periódicos que complementem a sua renda, garantindo que suas necessidades diárias sejam supridas.

Previdência privada não é brincadeira, pense seriamente nisso

Já começou a pensar em entrar na previdência privada? Se já pensou, analise, no mínimo, 3 instituições financeiras distintas e verifique na internet o nível de satisfação dos clientes. Pergunte a amigos, converse com parentes, seu chefe, sua namorada, seu namorado, enfim. Não se esqueça de que você está buscando o melhor para o seu futuro e toda informação é essencial para a segurança do seu investimento.

Verifique as formas de se pagar menos impostos no futuro e isso também pode representar menos pagamento agora. Para tal, busque ajuda profissional ou invista em conhecimento financeiro. Ele poderá te ajudar não somente com a previdência privada, mas com outros investimentos durante sua vida.

Para isso, é claro, você pode contar com o Primo Rico não somente para previdência privada, mas para sua vida financeira. Estou aqui para te ajudar, basta você pedir. Ah, e aproveite para deixar um comentário com as suas dúvidas!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Previdência Privada

Relacionados