Planejamento financeiro: como ele pode ajudar a sua aposentadoria

Todos precisamos de uma estratégia para alcançar um objetivo. É assim em todas as etapas da vida. Não é diferente para os que querem uma aposentadoria tranquila. Fazer um...
Planejamento financeiro como ele pode ajudar a sua aposentadoria

Todos precisamos de uma estratégia para alcançar um objetivo. É assim em todas as etapas da vida.

Não é diferente para os que querem uma aposentadoria tranquila. Fazer um planejamento financeiro nada mais é do que apontar exatamente o que você precisará para ter uma aposentadoria tranquila e com dinheiro de sobra.

O mundo está tão acelerado que, inúmeras vezes, fazemos as coisas sem ter pensado mais do que 5 segundos sobre o porquê de estarmos fazendo. Funciona da mesma forma com os seus gastos supérfluos.

Um sapato que só usará uma vez aqui, contas atrasadas ali e outro eletrodoméstico inútil acolá. É aí que o planejamento financeiro pode fazer toda a diferença na sua vida e na sua aposentadoria.

Quer saber como? Continue lendo o nosso artigo!

Por que fazer um planejamento financeiro

O planejamento financeiro serve exatamente para coibir situações como essas. Você pode até cometer seus “pecados econômicos” de vez em quando, mas terá o controle total sobre como aquilo está afetando as suas contas e o seu futuro.

Digamos que você pretende ter R$ 100 mil no banco quando se aposentar. O planejamento financeiro é a única maneira de atingir essa meta.

Você saberá exatamente o quanto precisa economizar por mês, o quanto deve investir por ano e o máximo de custos que pode arcar por mês. É como se você estipulasse um passo a passo para conquistar uma independência financeira e aproveitar a aposentadoria sem maiores problemas.

Ah, mas eu quero saber do agora

Não pense que esses benefícios são colhidos apenas no futuro. Controlar o seu orçamento lhe dará vantagens na hora de alcançar outros objetivos também, como carros, imóveis ou viagens.

É uma questão de saber onde chegar e como chegar — e chegar, é claro! Mas isso só dependerá de você e de sua disciplina.

Riscos de não fazer o planejamento financeiro

Um dos riscos de não se fazer o planejamento financeiro pode ser observado na situação atual do nosso país. Gastou-se mais do que se deveria, fez-se investimentos equivocados e aí está.

Com você não é diferente. Brasileiros costumam ter um carinho especial por empréstimos e financiamentos muito pouco vantajosos.

São meses e meses depois para pagar mais que o dobro do valor solicitado junto à instituição financeira em questão. Esse problema? Exatamente por não fazer um planejamento financeiro! Você perde o controle!

Exemplos de prejuízo

Os exemplos dos malefícios de não elaborar um planejamento financeiro são inúmeros. Uso do cheque especial ou LIS — um dos juros mais altos do mercado — contas atrasadas, faturas de banco maiores do que o salário e outras coisas com as quais muitos, infelizmente, estão acostumados.

A questão é que, a cada vez que você passa por uma situação dessas, gasta mais dinheiro do que realmente precisaria, caso houvesse se planejado. Isso vai se arrastando por muito tempo.

Ou seja, em vez de economizar por um ano para comprar tal produto, você opta por comprar na mesma hora, mesmo sem ter o dinheiro e depois faz um acordo de dois anos para pagar o empréstimo. Isso realmente não faz sentido.

Situações emergenciais

Claro que existem situações emergenciais. Mas pare realmente para pensar se tudo é uma emergência.

Outra coisa: o seu planejamento financeiro também pode contar com uma estratégia, justamente para situações extremas! Guarde uma quantia mínima todo mês apenas para tais momentos.

Quando começará a fazer o seu? Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário e nos diga o que achou!

Deixe aqui o seu comentário

comentários

Categories
Aposentadoria

Relacionados